“Foi assustador”, diz aluno sobrevivente de acidente com ônibus em Ibitinga

14301146

“Foi assustador”. Foi apenas o que o aluno Leandro Marques, 17, sobrevivente do acidente que deixou ao menos 11 mortos na noite desta segunda-feira (27) em Ibitinga (a 347 km de São Paulo), conseguiu dizer.

Em estado de choque, ele foi com o pai, Manoel Marques Gonçalves, 38, no local do acidente na manhã desta terça-feira (28) para tentar recuperar o óculos que usa e que estava na mochila na hora do acidente.

Segundo o pai, Leandro estava sentado no último banco da lateral não atingida pelo caminhão. Ele dormia no momento do acidente. Com o impacto, ele acordou assustado e saiu do veículo o mais rápido possível

O estudante Leandro Marques, 17, sobrevivente do acidente que deixou ao menos 11 mortos na noite desta segunda (27)

De acordo com Gonçalves, o filho ligou para ele depois de sair do ônibus. Ele afirmou que o encontrou andando pela rodovia, ainda atordoado. “Ele me disse que foi assustador. Quando o encontrei, levei para casa”, disse.

Segundo o pai do aluno, ele relatou que o ônibus estava cheio. As autoridades confirmaram, até as 11h20, ao menos 11 mortos e 24 feridos atendidos em hospitais. Doze seguem internados em hospitais de Ibitinga e Borborema (a 377 km de São Paulo).

Segundo a Polícia Militar Rodoviária, o ônibus tinha capacidade para 46 pessoas sentadas, mas estava com 39 passageiros e o motorista.

A Prefeitura de Borborema decretou luto oficial de três dias.

fonte Folhapress

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s