VOVÔ: Liderança em disputa

Time do Ceará precisa vencer a Portuguesa, hoje, em São Paulo, para não deixar o topo da Série B do Brasileiro


Lateral Vicente retorna à equipe alvinegra no duelo de logo mais contra a Lusa
FOTO: KID JÚNIOR

Mais do que voltar ao caminho das vitórias, o Ceará enfrenta a Portuguesa, hoje, às 16h10, no Estádio do Canindé, em São Paulo (com transmissão ao vivo da TV Verdes Mares), com o objetivo de manter a liderança da Série B do Brasileiro.

Com 31 pontos, o Alvinegro começou a 17ª Rodada do Campeonato na ponta da tabela. Para enfrentar a Lusa, o Ceará sabe que não pode errar como aconteceu nos últimos dois jogos, quando perdeu para o Vasco, fora de casa, por 2 a 0, e para o ABC, no PV, por 2 a 1.

“Acho que o segredo é manter o foco para não vacilar mais. A pressão em cima de um placar positivo só atrapalha, por isso devemos ter tranquilidade e cabeça fria para conseguir esses três pontos amanhã”, declarou o atacante Bill.

O técnico Sérgio Soares afirma que as derrotas nas últimas rodadas não abateram o grupo. “Se os resultados positivos não podem nos deixar empolgados, não serão as derrotas que vão fazer com que o nosso grupo baixe a cabeça. Se não conquistamos o resultado desejado na última rodada, é hora de refletir, entrar ainda mais focado e buscar a recuperação no próximo jogo diante da Portuguesa”, afirmou o treinador.

Retorno

Com relação à equipe que acabou perdendo para o ABC na rodada passada, Sérgio Soares contará com o retorno do lateral-esquerdo Vicente. O jogador se recuperou de dores na região lombar e reassume a posição no lugar de Helder Santos, que volta ao banco de suplentes.

Já o zagueiro Diego Ivo ainda sente dores no joelho direito e nem sequer viajou com a delegação alvinegra. Com isso, Anderson segue na dupla de zaga ao lado de Sandro.

Ontem, o grupo alvinegro fez um treinamento tático no Centro de Treinamento do São Paulo. Sérgio Soares, inclusive, recebeu a visita do técnico tricolor Muricy Ramalho.

Magnata

O empresário do atacante Magno Alves, Maurício Nassif, informou que o jogador recebeu uma proposta do Fluminense para ganhar um salário mensal quatro vezes maior que o do Ceará por um contrato de dois anos.

O presidente em exercício do clube alvinegro, Robinson de Castro, afirmou, no entanto, que o Ceará só libera o jogador se o Fluminense pagar o valor da multa. O dirigente garantiu ainda que não vai aceitar de forma alguma liberar Magno Alves sob condição de outro atleta. A reportagem apurou ainda que o valor para tirar Magno Alves é de R$ 1, 5 milhão, integral. Assim, não existe mais a proporcionalidade contratual, que reduziria a rescisão para R$ 375 mil.

Portuguesa ainda não venceu com novo técnico

Com seu time em situação crítica na tabela de classificação da Série B do Brasileiro, o técnico Silas busca a primeira vitória à frente da equipe. Desde que chegou ao Canindé, o treinador acumulou um empate e duas derrotas, contribuindo para o jejum de vitórias da Lusa, que vigora desde a retomada da competição nacional, após a Copa do Mundo.

Com um retrospecto de quatro empates e três derrotas, o elenco lusitano se vê ameaçado de voltar à lanterna caso não conquiste os três pontos hoje diante do Alvinegro.

O comandante faz questão de ressaltar que o time ainda está em processo de formação. “A crise é de resultado e na pontuação, mas o time não tem jogado mal. Estamos tentando enxugar o elenco e achar um time ideal. Não somos pior do que ninguém”, comentou Silas.

Sobre o confronto contra os cearenses, o lateral Jean Motta acredita que mesmo em situações opostas, ambas as equipes objetivam a vitória hoje. “Independentemente da colocação do adversário, o jogo será difícil. O Ceará vem de duas derrotas e precisa do resultado, e nós, de sair dessa situação”, concluiu.

SAIBA MAIS

Lembrança

Em 2006, o Ceará estava próximo do rebaixamento à Série C, e, mesmo passando por problemas financeiros, o time bateu a Portuguesa por 4 a 2, no Canindé, a escapou da queda

De novo

No ano seguinte, o Alvinegro de Porangabuçu voltou a vencer a Lusa no Canindé por 2 a 1

Tabu

A última derrota do time alvinegro para a Portuguesa aconteceu em agosto de 2006, no Castelão: 2 a 1

fonte diário do nordeste

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s