QUEDA NO RIO: Ceará perde para o Vasco, mas mantém liderança da Série B


Douglas perdeu pênalti, marcou de falta e foi o destaque do jogo
FOTOS: DIVULGAÇÃO/VASCO DA GAMA

O Ceará teve mais um grande desafio na tarde deste sábado (16) pela Série B do Campeonato Brasileiro. O Vovô foi ao Estádio São Januário, no Rio de Janeiro, enfrentar o Vasco, vice-líder da competição, e saiu derrotado por 2 a 0. Visivelmente cansado, o time alvinegro não conseguiu manter o nível das últimas apresentações e quebrou uma boa sequência de 7 jogos sem derrota (4 pela Série B e 3 pela Copa do Brasil).

Mesmo com a derrota, o Alvinegro de Porangabuçu se mantém da liderança da competição. O time carioca igualou o número de pontos do Vovô, ambos com 31, mas o Ceará permanece na ponta devido ao número de vitórias (9 x 8).

Vasco domina e sai na frente

Determinado taticamente, o Ceará iniciou o duelo em São Januário pressionando a saída de bola do Vasco e assustando nos contra-ataques, mas quem chegou primeiro com perigo foi o time cruzmaltino. Em lance polêmico, aos 14 minutos, Guilherme Biteco cruzou da direita e a bola acertou o braço de Hélder Santos. O juiz deu pênalti. Douglas cobrou bem, mas Luís Carlos saltou, encostou com a ponta dos dedos e a bola acertou a trave.

Mesmo com a perda do pênalti, o Gigante da Colina, empurrado pela torcida, não diminuiu o ritmo e logo abriu o placar. Aos 20, Kléber recebeu cruzamento da esquerda e encheu o pé para fazer 1 a 0 para o alvinegro carioca.

Após ficar em desvantagem, o Vovô equilibrou o jogo, mas quem assustou foi o Vasco, quando Douglas, aos 28, ficou com sobra na área e tentou de voleio, mas a bola desviou em Samuel Xavier e saiu em escanteio. O Alvinegro de Porangabuçu poderia empatar aos 35, pois Bill recebeu cara a cara com o goleiro vascaíno, mas o assistente assinalou impedimento irregular.

Vasco amplia e segura resultado

Desgastado, o meia Nikão pediu para ser substituído no intervalo, dando vaga a Michel no meio cearense. A mexida também buscava igualar o meio, setor que o Vasco havia dominado no primeiro tempo. E a medida parecia surtir efeito, pois aos 3, em contra-ataque, Magno Alves recebeu na direita e bateu cruzado, mas Martin Silva defendeu.

Ainda em cima, o Vovô assustou aos 7. Magno Alves fez jogada individual e deixou para Eduardo na entrada da área, mas o meia bateu à esquerda da trave. Em bola parada, porém, o time carioca ampliou. Douglas cobrou falta com perfeição, no ângulo esquerdo de Luís Carlos, sem chances para o goleiro.

Tentando dar novo fôlego ao time, Sérgio Soares decidiu poupar Magno Alves e Eduardo, colocando Lulinha e Gil. O Vasco diminuiu o ritmo, e a partida ficou equilibrada. Notadamente cansado, o Vovô não esboçou reação e o placar permaneceu inalterado.

Desgaste não justifica

Para o lateral-esquerdo Hélder Santos, que substituiu Vicente, o cansaço devido à grande sequência de jogos da equipe não justifica o má desempenho diante do Vasco. “A gente vem em uma sequência, mas nada que justifique. Agora vamos pensar no próximo jogo”, analisa o defensor.

Já Sérgio Soares ressalta a “gordura” criada pelo Vovô, que permitiu ficar na liderança mesmo com a derrota. “Jogamos abaixo daquilo do esperado. Enfrentamos um adversário que fez uma boa partida e mereceu o resultado, mas tínhamos uma gordura para queimar, e com isso, mantivemos nossa posição. Agora vamos buscar vencer em casa para se manter na ponta”, afirmou.

O Ceará volta a campo na próxima terça-feira (19), quando recebe o ABC, às 19h30, no Estádio Presidente Vargas. O Vasco, também na terça-feira, encara o lanterna Vila Nova/GO, às 21h50, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília.

Ficha técnica

Vasco da Gama (2): Martin Silva; Carlos Cesar, Rodrigo, Douglas Silva e Marlon; Guiñazú, Fabrício, Dakson (John Cley) e Douglas (Montoya); Guilherme Biteco (Edmilson) e Kléber
Técnico: Adílson Batista

Ceará (0): Luís Carlos; Samuel Xavier, Sandro, Anderson e Hélder Santos; João Marcos, Ricardinho, Eduardo (Gil) e Nikão (Michel); Magno Alves (Lulinha) e Bill
Técnico: Sérgio Soares

Local: Estádio São Januário, em Rio de Janeiro (RJ)
Rodada: 16ª
Data: 16/08/2014 (sábado)
Horário: 16h20
Árbitro: Edivaldo Elias da Silva (PR)
Assistentes: Moisés Aparecido de Souza (PR) e Rafael Trombeta (PR)

Gols: Kléber (20’1ºT), Douglas (11’2ºT) [Vasco];

Cartões amarelos: Carlos Cesar, Rodrigo e Douglas (Vasco); Samuel Xavier, João Marcos e Anderson (Ceará)

FONTE DN

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s