Você se lembra? : após 11 anos da morte do radialista Nicanor Linhares,

nicanor.mug
Limoeiro do Norte: 2003 execução a bala o Radialista Nicanor Linhares

Um crime que chocou o Ceará.
O Radialista Nicanor Linhares batista de 43 anos de idade foi vitima de pistolagem no dia 30 de junho de 2003.
Nicanor foi assassinato com 11 tiros dentro da radio que trabalhava em Limoeiro do Norte, motivo do assassinato ‘interesse político’.

Dias antes do crime uma motocicleta foi tomada de assalto por 2 bandidos, o veiculo seria usado na execução.
Eram 7 horas da noite, momento em que “a voz do Brasil” entra no ar nas rádios de todo o Brasil em cadeia Nacional, Nicanor aproveitou para fazer algumas gravações para o seu programa do dia seguinte, já sabendo desse abito os executores se aproveitaram do horário e invadiram o estúdio, um deles disparou cerca de 9 tiros de pistola contra o radialista em seguida o segundo individuo atirou mais 3 vezes, as balas atingiram a cabeça e varias partes do corpo de Nicanor que teve morte imediata.

O operador de áudio que fazia a gravação presenciou todo o crime, segundo o operador depois do ocorrido saiu as pressas se dirigiu até um telefone publico e chamou a policia.
Horas depois a policia encontrou a motocicleta usada para o crime com a placa raspada, o governador na época Lucio Alcântara esteve em Limoeiro e determinou total apoio nas investigações.
Não demorou muito para que a policia identificasse todos que participaram do crime, Nilson Osterno Maia agenciador dos pistoleiros, Francisco José de Oliveira maia e josé Roberto dos Santos o “chico orelha” assaltaram a moto usada no crime. Nilson Osterno Maia foi assasinato logo depois de ser julgado dentro da penitenciaria de Pacatuba naregião metropolitana de Fortaleza.

José Vanderley dos Santos e Lindenor de Jesus Moura, executores, Otavio Viana Lima fez parte da quadrilha, Francisco Etecio sargento do exercito intermediador do crime, Cassio Santana de Souza co-autor do assassinato.

Durante o processo José Roberto o “chico orelha” foi morto durante uma perseguição policial, o sargento Francisco Edercio foi julgado e absolvido, já Cassio Santana foi condenado a 23 anos de prisão, Lindenor um dos executores foi condenado a 26 anos e José de Oliveira Maia foi condenado a 8 anos de prisão.
A ex prefeita de Limoeiro do Norte Arivan Lucena e o marido dela desembargador federal José Maria Lucena foram apontados com os mandantes do crime, em entrevista coletiva na época, ambos negaram a participação.
Mesmo diante da negativa de autoria intelectual do crime o desembargador e a ex prefeita foram denunciados pelo ministério publico.
O processo foi iniciado no fórum de Limoeiro do Norte, ainda restam 5 acusados para serem julgados, o processo de 3 deles foi desaforado para a 1 vara do júri em Fortaleza.
O processo da ex prefeita de Limoeiro do Norte deve ser encaminhado para fortaleza, só depois disso a justiça decidirá se ela vai ou não a julgamento.
A ex prefeita tinha conseguido uma liminar que a absolvia do crime, mais em maio desse ano o tribunal de justiça do Ceará anulou a decisão, a ex prefeita recorreu novamente mais segundo os promotores Felipe Diogo e Felipe Diogo e Manoel Epaminondas, a expectativa é que o TJ continue garantindo o direito da sociedade de levar a ex-prefeita a um júri popular.

Ainda de acordo com os promotores, a questão já foi pacificada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), inclusive com relação ao mesmo homicídio, tendo o referido Tribunal considerado, expressamente, que afronta a soberania do Júri estender automaticamente uma decisão absolutória a outro réu, sem que este tenha sido submetido a julgamento pelo tribunal popular.

Vistos, relatados e discutidos os autos de apelação criminal, os desembargadores da 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Ceará haviam emitido o acórdão, dia 09/04, por maioria de votos e em dissonância com o parecer ministerial, em dar provimento ao recurso interposto, nos termos do voto do relator desembargador Paulo Camelo Timbó.
Já o processo do desembargador federal está no superior tribunal de justiça a data do julgamento ainda será marcada.
Nicanor Linhares deixou saudades para amigos que acompanhavam de perto o trabalho do Radialista, Nicanor era conhecido pelo programa polêmico sobre politica, ele criticava as autoridades da cidade e falava dos problemas do seu povo.
Homenageado por varias autoridades, ganhou o titulo de cidadão de Limoeiro do Norte, para um homem tão importante para a cidade, restou o reconhecimento.
Seu enterro foi acompanhado por mais de dez mil pessoas e contou com a presença de varias autoridades do Estado na época.

fonte Aracati News
postador por Quixeré ligado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s